Avaliação da Qualea grandiflora Mart no processo de cicatrização alveolar em ratos com alveolite dentária induzida

Rafaelle A.V.Q.G. Rausch, Andreza M.F. Aranha, Amílcar S. Damazo, Ivana M. P Violante, Crisciany A. V. Guimarães, Evanice Menezes Marçal Vieira

Resumo


Objetivo: O objetivo deste estudo foi avaliar a ação da Qualea grandiflora Mart na cicatrização do alvéolo de ratos submetidos à alveolite dentária induzida pelo Staphylococcus aureus. Materiais e Método: Foram realizadas exodontias do dente incisivo superior direito de 75 ratos (Rattus novergicus albinus, Wistar), machos, com peso médio de 250g. Os animais foram distribuídos em 5 grupos: Grupo I- controle (sem indução da alveolite/ausência de tratamento); Grupo II- alveolite induzida/tratamento: pasta da Qualea grandiflora Mart; Grupo III- alveolite induzida/tratamento: Alveolex; Grupo IV: alveolite induzida/ausência de tratamento; Grupo V: alveolite induzida/ tratamento: pasta base. Os animais foram eutanasiados aos 7, 14 e 28 dias pós-operatório. Os espécimes foram submetidos à avaliação histológica e histomorfométrica. Resultados: Em todos os grupos experimentais, observou-se aumento de osso neoformado no alvéolo dentário, no decorrer dos períodos avaliados, sendo que nos grupos IV e V, a formação óssea foi deficiente em todos os períodos.  Nos grupos de animais com alvéolos dentários contaminados, os grupos II e III apresentaram melhores resultados com proporção semelhante de osso neoformado. Conclusão: Para que a Qualea grandiflora Mart seja considerada uma nova alternativa terapêutica para o tratamento da alveolite dentária, se faz necessário a realização de novos estudos. 


Texto completo:

PDF
gosip rumahan berita terkini windows gadget toko game