Desvio apical promovido por sistemas rotatórios e reciprocantes: estudo piloto em canais simulados

Elielton Lima Costa, Emílio Carlos Sponchiado Junior, Fredson Márcio Acris de Carvalho, Lucas da Fonseca Roberti Garcia, André Augusto Franco Marques

Resumo


Objetivo: Instrumentos endodônticos de movimentos reciprocante estão entre as últimas inovações para o preparo do sistema de canais radiculares. O objetivo desse estudo piloto foi comparar o desvio apical promovido por sistemas reciprocantes e rotatório em canais simulados. Material e método: Quarenta e cinco canais simulados foram distribuídos aleatoriamente em três grupos experimentais (n=15), de acordo com o sistema utilizado para realização do preparo: Grupo PT - sistema ProTaper; Grupo RP - sistema Reciproc e Grupo WO - sistema WaveOne. O desvio apical foi avaliado por meio da análise de imagens obtidas pré e pós-instrumentação de cada canal simulado, com auxílio do programa ImageJ. Resultados: Todos os grupos apresentaram algum nível de desvio apical. O grupo PT apresentou maior desvio aos 2 mm, com diferença estatisticamente significante em relação aos demais grupos (p<0,05). Quando comparada a média dos 3 mm apicais, somente houve diferença significativa entre os grupos PT e RP (p<0,05). Conclusão: Nenhum dos sistemas testados, reciprocante ou rotatório, foi capaz de manter a posição original do forame apical após o preparo do canal simulado.


Texto completo:

PDF