Avaliação radiográfica de três métodos de inserção de cimento endodôntico

Rafael Tirello de Oliveira, Caroline Solda, Flávia Baldissarelli, José Roberto Vanni, Mateus Silveira Martins Hartmann, Volmir João Fornari

Resumo


O cimento é um material indispensável no tratamento endodôntico, com a finalidade de preencher e selar os espaços entre os cones de guta-percha, unindo-os às paredes do canal radicular, promovendo o selamento na região apical, não permitindo que os fluídos provenientes dos tecidos periapicais possam gerar uma recontaminação do sistema de canais. Objetivo: Este trabalho teve como objetivo avaliar radiograficamente a capacidade de penetração do cimento endodôntico AH Plus em canais laterais simulados em relação às técnicas de inserção com lima, cone de guta-percha principal e inserto ultrassônico. Material e método: Trinta pré-molares unirradiculares humanos com forames patentes foram preparados com brocas Gates- Glidden e Largo, e, logo a seguir, com sistema mecanizado e limas de níquel titânio K3. Seis canais laterais foram simulados em cada dente com brocas LN, dois em cada terço, com posterior irrigação ultrassônica passiva. Com os canais secos, os dentes foram divididos em três grupos de acordo com método de inserção do cimento AH Plus ao canal. Ao término do preenchimento, radiografaram-se os dentes para posterior análise radiográfica. Conclusão: Concluiu-se que o preenchimento dos canais laterais simulados com o cimento AH Plus mostrou melhores resultados com a utilização de inserto ultrassônico.


Texto completo:

PDF