Comparação de diferentes técnicas de moldagem com silicone de adição – estudo in vitro

Mariana Borges Barros Lima, Ana Paula Rodrigues de Magalhães, Terence Romano Teixeira, Pedro Alves de Lima, Wellington Ferreira Martins, Rafael de Almeida Decurcio, Paula de Carvalho Cardoso

Resumo


Objetivo: Comparar diferentes técnicas de moldagem com silicone de adição, quanto à precisão e fidelidade da cópia através de medidas manuais e sobreposição em CAD/CAM. Material e método: Foram realizadas 4 moldagens com silicone de adição de um mesmo modelo nas seguintes técnicas: T1 – dois passos com recorte; T2 – dois passos com alívio de filme PVC; T3 – dois passos sem alívio e T4 - simultânea. A fidelidade das 4 técnicas de moldagem foi avaliada por meio de mensurações de 5 dimensões nos modelos de gesso vazados em cada um dos moldes obtidos. Outra forma de análise foi a sobreposição de imagens no CAD/CAM, com a finalidade de verificar se há semelhanças ou diferenças dimensionais entre o modelo piloto e as amostras. As medidas obtidas foram submetidas ao teste ANOVA com comparações múltiplas pelo teste de Tukey (α=0,05). Resultados: De acordo com as mensurações, a técnica que apresentou maior discordância do modelo piloto foi a T4, não havendo diferença entre as outras técnicas. Na avaliação em CAD/CAM, as técnicas T4 e T3 apresentaram maiores diferenças em relação ao modelo original de acordo com as imagens sobrepostas. Conclusões: Todas as técnicas estudadas apresentaram alterações dimensionais, em especial a técnica simultânea e a sem alívio, tanto nas medidas obtidas quanto na análise em CAD/CAM.


Texto completo:

PDF