A perspectiva dos pacientes do serviço público de saúde de João Pessoa-PB frente ao tratamento endodôntico

Heloísa HelenaPinho Veloso, Keny Correia de Souza, Andrea Sarmento Queiroga

Resumo


Objetivo: avaliar a perspectiva dos pacientes do SUS (Sistema Único de Saúde), na cidade de João Pessoa-PB, diante da necessidade do tratamento endodôntico, bem como o conhecimento dos mesmos sobre esse tipo de procedimento. Material e Método:Trata-se de um estudo indutivo, com um questionário contendo questões abertas e fechadas. Os dados foram submetidos à análise estatística-descritiva, com procedimentos quanti-qualitativos. Os dados foram quantificados e analisados estatisticamente pelo programa EPI-INFO 7.01. Resultados: 64% dos questionados conhecem o que é tratamento endodôntico e 87% conhecem  o que é tratamento de canal, entretanto, poucos responderam adequadamente sobre o procedimento e 83% dessas informações foram transmitidas por dentistas. A maioria (90%) não falta à consulta odontológica por medo, entretanto, 8% não fariam o tratamento endodôntico, preferindo a exodontia do dente em questão, pelo medo de sentir dor antes, durante ou depois do procedimento endodôntico. Apenas 10% dos pacientes não tiveram medo de iniciar o tratamento endodôntico. Dentre os pacientes que já realizaram o tratamento endodôntico (55%), 72,8% estavam satisfeitos com o resultado. Conclusão: os pacientes avaliados tiveram  a percepção de que o tratamento endodôntico foi a melhor solução para problemas dentários sendo,a exodontia segunda  opção, apesar do desconhecimento dos procedimento à serem realizados e, do  medo de sentir dor,  nesse tipo de  tratamento.

 


Texto completo:

PDF