Avaliação da composição química e radiopacidade de diferentes pastas de hidróxido de cálcio

Marco Antônio Zaiden Loureiro, Mateus Gehrke Barbosa, Gustavo Silva Chaves, Patrícia Correia Siqueira, Daniel de Almeida Decurcio

Resumo


Objetivo: Avaliar a composição química e a radiopacidade de diferentes pastas de hidróxido de cálcio. Material métodos: Foram avaliadas três pastas comerciais: Ultracal XS®; Hydropast® e Callen®. O hidróxido de cálcio P.A. foi utilizado como controle. Para avaliar a composição química dos materiais, uma amostra de cada pasta foi avaliada por análise termogravimétrica, e a massa de hidróxido de cálcio presente foi obtida por meio de cálculos estequiométricos a partir da decomposição térmica de suas moléculas. Para avaliar a radiopacidade, foram analisadas 03 amostras para cada grupo. A radiopacidade foi avaliada com um sistema de radiografia digital indireta Express™ e equipamento de raios X Focus™. As imagens obtidas foram analisadas quanto aos padrões do valor de cinza por meio do software ImageJ. Resultados: Os percentuais de massa de hidróxido de cálcio obtidos para cada material foram: hidróxido de cálcio P.A.: 87,12%; Ultracal XS®: 36,38%; Hydropast®: 30,66%; Callen®: 50,54%. Os valores de cinza das pastas foram de: 63,41 para o hidróxido de cálcio P.A.; 126,35 para Ultracal XS®; 106,73 para Hydropast®, e 72,23 para Callen®. Na mesma análise, a escala de alumínio apresentou os valores: Al 1mm: 53,50; Al 4 mm: 98,06; Al 8mm: 162,14; Al 12mm: 205,4. Conclusões: Houve diferenças em todas as pastas entre a quantidade de hidróxido de cálcio informada pelo fabricante e a quantidade encontrada nas análises termogravimétricas. As pastas comerciais testadas apresentaram maior radiopacidade que o grupo controle. A Ultracal XS®foi o material com maior radiopacidade, seguido da Hydropast e Callen.

Texto completo:

PDF