Ir para o menu de navegação principal Ir para o conteúdo principal Ir pro rodapé

Pesquisa Científica

v. 19 n. 49 (2010): ROBRAC

Resistência à fratura de dentes reforçados com pinos pré-fabricados, utilizando diferentes agentes cimentantes

  • Kátia Simone Alves Santos
  • Lívia Natália Sales Brito
  • Gymenna Maria Tenório Guênes
  • Bárbara Vanessa de Brito Monteiro
  • Luiz Fernando Alves Rodrigues
Enviado
março 26, 2010
Publicado
julho 27, 2010

Resumo

 O estudo comparou "in vitro" a resistência à fratura em dentes tratados endodonticamente reforçados com pinos intra-radiculares pré-fabricados, utilizando diferentes agentes cimentantes. Cinquenta dentes humanos permanentes unirradiculares obturados, foram divididos em 5 grupos: G I- controle (sem pino); G II- pino de fibra de carbono + cimento Rely X; G III- pino de fibra de carbono + cimento Enforce; G IV- pino de fibra de vidro + cimento Rely X; G V- pino de fibra de vidro + cimento Enforce. Após cimentação dos pinos e restauração coronal, as raízes foram incluídas em resina acrílica quimicamente ativada e submetidos à carga de compressão em uma Máquina Universal de Ensaios (Instron 5582). Os dados obtidos foram analisados estatisticamente pelos testes Exato de Fisher e o teste F (ANOVA), a um nível de significância de 5,0%, os quais demonstraram que em relação ao local da interface no grupo total, a maioria (67,5%) das amostras teve fratura na interface dente/agente cimentante; destacou-se também que a freqüência de fraturas no dente/agente cimentante variou de 4 (grupo V) a 10 (grupo III), diferenças estas  significante entre os grupos. Concluiu-se que o uso dos pinos pré-fabricados não proporcionou aumento na resistência dos dentes tratados endodonticamente; o pino de fibra de vidro em associação ao sistema Enforce mostrou-se superior na resistência à fratura, sendo estatisticamente significante quando comparado ao grupo Enforce / pino de fibra de carbono; em relação à resistência de união, o maior comprometimento se deu na interface agente cimentante/dente quando comparada ao agente cimentante/pino.