Ir para o menu de navegação principal Ir para o conteúdo principal Ir pro rodapé

Pesquisa Científica

v. 19 n. 49 (2010): ROBRAC

Avaliação in vitro do efeito da escovação sobre cimentos de ionômero de vidro utilizados para técnica de restauração atraumática após adição de antibióticos

  • Maressa de Mello Coelli
  • Vivian Muniz Oliveira
  • Ana Cláudia Rodrigues Chibinski
Enviado
março 30, 2010
Publicado
julho 10, 2010

Resumo

 O objetivo deste estudo foi avaliar a perda de massa após escovação simulada de cimentos de ionômero de vidro (CIV) com a adição de antibióticos (metronidazol, ciprofloxacina e cefaclor). A proporção utilizada foi de 0,1 g de cada antibiótico em pó para 9,7g de pó de CIV. Os grupos de estudo, compostos por 10 corpos de prova cada, foram: grupos controle - GV (Vitro Molar) e GM (Maxxion R); grupos teste - GVa (Vitro Molar + antibióticos); e GMa (Maxxion R + antibióticos). Todos os grupos foram submetidos ao teste de escovação simulada com dentifrício, com um total de 20.000 ciclos. A perda de massa foi avaliada por meio de pesagem em balança de precisão pré e pós-experimento. As comparações entre os resultados iniciais e finais das massas dos espécimes foram realizadas o teste de Kruskall-Wallis. Os valores iniciais e finais, em um mesmo tratamento, foram comparados através do teste de t de Student pareado (α=0,05). Após análise estatística dos dados, verificou-se perda de massa estatisticamente significativa quando comparados os valores iniciais e finais em todos os grupos testados (p<0,05). Todavia, não se observou diferenças nas comparações intergrupo nos momentos pré ou pós escovação, seja para os grupos teste ou controle. Dentro da metodologia adotada, conclui-se que os cimentos de ionômero de vidro com adição de antibióticos tiveram comportamento semelhante aos cimentos que não tiveram alterações em sua composição quando a perda de massa por escovação simulada foi considerada.