Ir para o menu de navegação principal Ir para o conteúdo principal Ir pro rodapé

Pesquisa Científica

v. 30 n. 89 (2021): ROBRAC 30 anos

Manifestações bucais em pacientes oncológicos

DOI
https://doi.org/10.36065/robrac.v30i89.1452
Enviado
agosto 20, 2020
Publicado
fevereiro 18, 2021

Resumo

Objetivos: Considerando a alta prevalência do câncer, o presente estudo teve como intuito identificar as principais manifestações bucais em pacientes submetidos a tratamento antineoplásico. Materiais e Métodos: A amostra foi constituída por indivíduos portadores de neoplasia maligna submetidos ao tratamento antineoplásico, quimioterapia e/ou radioterapia. Os quais responderam a um questionário, passaram por exame clínico e receberam orientações sobre o diagnóstico e o tratamento das manifestações bucais. Resultados: Foram avaliados 57 participantes com idade média de 56 anos, dentre os quais, a maioria foi submetida à cirurgia associada à radioterapia e quimioterapia e ainda não haviam finalizado. No exame clínico foi identificado que 91,3% dos pacientes apresentaram pelo menos uma manifestação bucal decorrente do tratamento antineoplásico, sendo a xerostomia (21,0%) e a mucosite (12,3%) as manifestações de maior incidência durante a realização do tratamento. Além disso, apenas 14,0% dos participantes relataram terem tido acompanhamento odontológico durante o tratamento oncológico. Conclusões: Diante da incidência relevante das manifestações bucais identificadas nos participantes deste estudo, sugere-se que a participação do cirurgião-dentista durante e após a realização do tratamento antineoplásico é imprescindível.