Ir para o menu de navegação principal Ir para o conteúdo principal Ir pro rodapé

Pesquisa Científica

v. 29 n. 88 (2020): ROBRAC

Impacto ambiental sustentável com a implantação do protocolo do fluxo digital na redução dos resíduos na Clínica Odontológica.

  • Denise Campos Amaral
  • Rodrigo Augusto Soto Verri
  • Geovanna Rafael Martins
  • Larissa Caldeira Alves Mendes
  • Mayara Barbosa Viandelli Mundim
  • Diogo Rodrigues Cruvinel
  • Carolina Cintra Gomes+
DOI
https://doi.org/10.36065/robrac.v29i88.1454
Enviado
agosto 25, 2020
Publicado
novembro 10, 2020

Resumo

Objetivo: O objetivo neste estudo foi contabilizar a quantidade de resíduos, provenientes dos filmes radiográficos convencionais, que deixou de ser produzido com a implantação do sistema de imagem digital no Centro de Diagnóstico por Imagem da UniEVANGÉLICA (CDI). Material e Métodos: Foram contabilizados 2554 exames intrabucais realizados durante o ano letivo de 2017. Cada componente do filme radiográfico intrabucal (película de chumbo, papel preto e envelope plástico) foi pesado individualmente e comparados com o peso do plástico usado para isolar o sensor do tipo placa de fósforo durante a tomada radiográfica. Esses dados possibilitaram o cálculo da quantidade de resíduos gerados a partir desses exames. Resultados: Após teste de porcentagem simples observou-se uma redução de 97% em peso total de resíduos gerados com o uso da Radiologia Digital. Conclusão: A partir dos resultados percebe-se uma redução significativa na quantidade de resíduos gerados pela radiologia após a implantação do sistema de imagem digital no CDI. Atualmente o CDI oferece aos pacientes exames de maior qualidade se adequando ao ambiente de Sistema de Comunicação e Arquivamento de Imagens (PACS) além de apresentar um impacto ambiental positivo com a redução de resíduos gerados.