Ir para o menu de navegação principal Ir para o conteúdo principal Ir pro rodapé

Pesquisa Científica

v. 19 n. 48 (2010): ROBRAC

Capacidade Seladora de Remanescente de Obturação do Canal Radicular Frente a Indicadores Microbianos

  • Luiz Gonzaga Lopes Filho
  • Daniel Almeida Decurcio
  • Julio Almeida Silva
  • Lawrence Gonzaga Lopes
  • Carlos Estrela
Enviado
abril 21, 2010
Publicado
abril 21, 2010

Resumo

Estudou-se a capacidade seladora de remanescentes de obturação do canal radicular (4, 5 e 6mm), frente ao emprego do Sealapex e do EndoFill, valendo-se de diferentes indicadores microbianos. Para o teste de infiltração empregou-se uma plataforma, dividida em duas partes: câmara superior - onde foi introduzida a suspensão microbiana (contendo E. faecalis S. aureus, P. aeruginosa, B. subtilis e C. albicans) e uma câmara inferior, com o meio de cultura Brain Heart Infusion, onde 3 mm da região apical permaneceram imersos. O período de observação foi de 60 dias. Os dados obtidos foram submetidos ao teste de Kruskal-Wallis e Mann-Whitney. Os resultados mostraram infiltração microbiana em todos os grupos, não havendo diferenças significantes entre os cimentos estudados. Porém, quando se analisou os resultados dos níveis de remanescentes de obturação, entre 4 e 5 mm, e 5 e 6 mm não ocorreu diferenças significantes; Ao comparar os níveis de 4 e 6 mm pode-se constatar diferenças significantes.