Ir para o menu de navegação principal Ir para o conteúdo principal Ir pro rodapé

Pesquisa Científica

v. 19 n. 50 (2010): ROBRAC

Efeito de superfícies de implantes nano-estruturadas na expressão de genes de osteoblastos e no contato osso-implante in vivo.

DOI
https://doi.org/10.36065/robrac.v19i50.465
Enviado
agosto 10, 2010
Publicado
outubro 14, 2010

Resumo

As tendências atuais na terapia com implantes odontológicos têm incluído o uso de implantes com superfícies modificadas utilizando nanotecnologia. Ciência que permite a construção de novos materiais e dispositivos pela manipulação de átomos individuais e moléculas (escala menor do que 100nm). O objetivo deste trabalho foi avaliar o papel das modificações em escala nanométrica de superfícies de implantes osseointegrados para melhorar o processo de osseointegração. Nanotecnologia oferece a engenheiros e profissionais da área de biologia e saúde novos meios para entender e otimizar funções e respostas específicas de células. As várias técnicas utilizadas para adicionar características nanométricas às superfícies de implantes osseointegrados são descritas neste trabalho. Vários trabalhos tem apresentado os efeitos da nanotecnologia na modulação de etapas fundamentais do processo de osseointegração. As vantagens e desvantagens da utilização da nanotecnologia na superfície de implantes também são discutidas nesse trabalho. Posteriormente, em uma série de experimentos in vitro e in vivo, foi possível avaliar o efeito específico destas modificações em dois diferentes modelos. Como efeitos observados da aplicação de nanoestruturas à superfície dos implantes osseointegrados foi possível verificar-se uma melhor e mais rápida resposta de osseointegração destes materiais, atuando efetivamente na cascata de diferenciação de osteoblastos.