Ir para o menu de navegação principal Ir para o conteúdo principal Ir pro rodapé

Revisão da Literatura

v. 20 n. 53 (2011): ROBRAC

Uso da Tomografia Computadorizada para Diagnóstico de Caninos Inclusos

DOI
https://doi.org/10.36065/robrac.v20i53.532
Enviado
março 2, 2011
Publicado
junho 1, 2011

Resumo

O canino é um elemento dentário de extrema importância para a harmonia oclusal, constituindo um elemento de proteção do sistema estomatognático. Apresentam depois dos terceiros molares, a maior ocorrência de impactação dentária, especialmente na região palatina. Para o diagnóstico de canino impactado faz-se necessário a anamnese, exame clínico e radiográfico. Métodos radiográficos convencionais são utilizados com freqüência para tal diagnóstico, porém as informações se limitam apenas na identificação da impactação e localização vestíbulo-palatino do mesmo. A tomografia computadorizada permitiu realizar uma visualização e avaliação tridimensional das regiões do organismo por meio de cortes e reconstruções multiplanares, fornecendo distância das estruturas adjacentes, a exata localização dos dentes, condições patológicas associadas, entre outras. É um método que oferece maior riqueza em detalhes, em único exame, e portando um diagnóstico seguro, e consequentemente uma conduta adequada para o tratamento do caso.