Ir para o menu de navegação principal Ir para o conteúdo principal Ir pro rodapé

Pesquisa Científica

v. 21 n. 56 (2012): ROBRAC

Implantes intraosseo de materiais selantes dos sistemas Real Seal™ e AH Plus®: estudo comparativo em ratos

DOI
https://doi.org/10.36065/robrac.v21i56.627
Enviado
janeiro 26, 2012
Publicado
março 27, 2012

Resumo

Objetivo: Estudar comparativamente in vivo a resposta do tecido ósseo a dois tipos de materiais selantes endodônticos AH Plus® e Real Seal. Métodos: Foram utilizados 32 ratos albinos da linhagem Wistar para implantes de materiais selantes endodônticos inseridos em capilar de polietileno nas tíbias traseiras esquerda, parcialmente perfuradas, sendo que 16 destes receberam implantes de AH Plus® e outros 16 receberam implantes de Real Seal.  As tíbias traseiras direita, parcialmente perfuradas, de todos os animais foram implantadas com capilar de polietileno sem selantes endodônticos, constituindo-se em controles.  Ao final de 24 horas, 1, 2 e 4 semanas, pós-implante, retiraram-se amostras do tecido ósseo para analise. As laminas histológicas foram coradas em HE, fotografadas e analisadas histomorfometricamente. Foram realizadas três medições de espessura na região da fratura, sendo o valor médio utilizado no teste t pareado. Valores de p<0.05 foram considerados significativos. Resultados e Discussão: A resposta tecidual para os dois selantes endodônticos foi analisada levando-se em consideração a presença e intensidade de inflamação e de componentes do infiltrado celular de regeneração óssea. Na 1ª semana notou-se o período máximo de formação de tecido ósseo primário, com pequeno decréscimo na 2ª semana, caracterizando o momento do reparo e consolidação da falha óssea. Na 4ª semana foi possível verificar o encerramento do processo, com conversão do tecido ósseo primário em tecido ósseo secundário. Conclusão: Os materiais selantes AH Plus® e Real Seal não interferiram significativamente no processo de ossificação da falha óssea.