Ir para o menu de navegação principal Ir para o conteúdo principal Ir pro rodapé

Relato de Caso

v. 21 n. 56 (2012): ROBRAC

Hipertaurodontismo bilateral: relato de um caso

  • Rosane Tavares Rubião da Cunha
  • Frank Ferreira Silveira
  • Maria Ilma Souza Côrtes
  • Eduardo Nunes
DOI
https://doi.org/10.36065/robrac.v21i56.643
Enviado
abril 17, 2012
Publicado
abril 17, 2012

Resumo

Taurodontismo, embora não represente um achado comum, apresenta complexidade anatômica, sendo uma variação morfológica em dentes multirradiculados nos quais a bifurcação ou trifurcação das raízes é deslocada apicalmente, resultando em câmara pulpar com aumento de volume, o que pode representar um obstáculo na execução do tratamento endodôntico. No presente estudo, será apresentado um caso clínico de  taurodontismo bilateralmente em segundos molares inferiores, onde foi necessário a realização do tratamento endodôntico  apenas no dente do lado direito. O emprego do microscópio operatório foi fundamental na detecção dos canais, instrumentação e conseqüente obturação do sistema de canais radiculares (SCR).