Ir para o menu de navegação principal Ir para o conteúdo principal Ir pro rodapé

Pesquisa Científica

v. 16 n. 42 (2007): ROBRAC

Quantidade de pressão e padrão de dor referida em pacientes portadores de Dor Miofascial

  • Renato Oliveira Ferreira Silva
  • Paulo César Rodrigues Conti
  • Rafael Santos Silva
  • Carlos Reis Pereira Araújo
DOI
https://doi.org/10.36065/robrac.v16i42.66
Enviado
março 23, 2010
Publicado
março 23, 2010

Resumo

Os propósitos deste estudo foram: determinar a quantidade de pressão que estimulasse resposta dolorosa em pacientes com pontos gatilho (PG) quando comparado ao grupo controle assintomático; determinar um intervalo de tempo de manutenção de pressão para que houvesse o surgimento do processo de dor referida (DR) e verificar o padrão de DR provocada. Selecionou-se 24 pacientes portadores de dor miofascial e para o grupo controle, 20 indivíduos livres de qualquer sintomatologia de disfunção temporomandibular. Ambos os grupos foram examinados por um único examinador em pontos gatilho previamente diagnosticados. No item quantidade de pressão, o intervalo no grupo portador de dor miofascial foi significantemente menor que o grupo controle. O padrão de DR obtido confere com aquele descrito na literatura. Os autores deste estudo concluíram que o limiar de dor a palpação em portadores de dor miofascial é menor que em indivíduos não portadores e o padrão da manifestação de DR semelhante ao descrito na literatura.