Ir para o menu de navegação principal Ir para o conteúdo principal Ir pro rodapé

Pesquisa Científica

v. 21 n. 59 (2012): ROBRAC

Perfil Epidemiológico de portadores de líquen plano oral atendidos no Centro Goiano de Doenças da Boca (CGDB)- 12 anos de experiência

DOI
https://doi.org/10.36065/robrac.v21i59.680
Enviado
setembro 1, 2012
Publicado
março 7, 2013

Resumo

RESUMO

O líquen plano é uma enfermidade mucocutânea crônica, de caráter inflamatório, etiologia desconhecida e natureza autoimune, em que é produzida uma agressão do linfócito T dirigido ás células basais do epitélio da mucosa oral. Objetivo: O objetivo deste estudo foi avaliar o perfil epidemiológico dos pacientes portadores de líquen plano, atendidos no período de 1998 a 2010 no Centro Goiano de Doenças da Boca (CGDB). Material e método: Os dados foram obtidos através da avaliação do prontuário médico do CGDB e do exame clínico das condições de saúde bucal, sendo inclusos todos os pacientes com presença de líquen plano, atendidos neste período, exceto aqueles cuja documentação ou contato estavam incompletos ou inacessíveis ou que não consentiram em participar deste estudo. Resultados: Dos prontuários do CGDB, foram encontrados 141 prontuários de pacientes com o diagnóstico inicial de líquen plano, destes, 52 (65,82%) tiveram diagnóstico confirmado através de exame clínico e/ou biópsia de LPO e foram incluídos na pesquisa. 80% eram do gênero feminino e 79% possuíam entre 41 a 63 anos. Quanto ao tipo de liquen plano, foi observado 75% do tipo reticular, 5,76% erosivo e 3,84% em placa. Em 7,69%  dos casos não foi possível identificar o tipo de líquen plano. O local mais acometido foi a mucosa jugal, com 40,38% , seguido da genviva, com 19,23%, e na língua a porcentagem foi 3,84%. Em 15% dos casos havia acometimento simultâneo em mucosa jugal e língua. Conclusão: Em nenhum paciente foi encontrada transformação maligna nesses 12 anos de acompanhamento.