Ir para o menu de navegação principal Ir para o conteúdo principal Ir pro rodapé

Pesquisa Científica

v. 23 n. 67 (2014): ROBRAC

Influência do tempo e da condição de armazenamento na massa e no volume da resina acrílica autopolimerizável usada para confecção de núcleos metálicos fundidos

DOI
https://doi.org/10.36065/robrac.v23i67.861
Enviado
agosto 11, 2014
Publicado
fevereiro 2, 2015

Resumo

Objetivo: avaliar a influência do tempo e da condição de armazenamento da resina acrílica na massa e no volume do material, com simulação dos protocolos clinicamente utilizados para tal até o envio ao laboratório. Material e Método: foram confeccionados 15 espécimes com resina acrílica autopolimerizável (Duralay), obtendo-se massa e volume iniciais. Após, dividiu-se os espécimes em 3 condições de armazenamento: G1) secos; G2) envolvidos por gaze umedecida (4 ml de água destilada); e G3) imersos (7 ml de água destilada). Após 3, 5 e 7 dias de armazenamento, foram calculadas as respectivas massas e volumes. Os dados foram submetidos ao teste de ANOVA, tanto para dados independentes quanto para dados pareados. A comparação post-hoc para os tempos foi feita pelo teste dos contrastes. O nível de significância estabelecido foi o de 5%. Resultados: para massa, houve diferenças significativas entre os períodos de tempo avaliados, com aumento gradual até o 5º dia e diminuição desta entre 5º e 7º dias (p<0,05), contudo, sem influência do meio de armazenamento (p<0,05). Para o volume, não houve diferenças significantes em relação aos diferentes períodos de tempo avaliados ou correlacionado com o meio de armazenamento (p>0,05). Conclusão: a massa dos espécimes foi influenciada pelo tempo de armazenamento, sofrendo alteração até o 7° dia; e que o volume não foi influenciado nem pelo tempo nem pela condição de armazenamento.