Ir para o menu de navegação principal Ir para o conteúdo principal Ir pro rodapé

Pesquisa Científica

v. 23 n. 67 (2014): ROBRAC

Conhecendo o perfil periodontal, os cuidados bucais e as ocorrências das pneumonias em pacientes internados em uma UTI: estudo piloto

DOI
https://doi.org/10.36065/robrac.v23i67.930
Enviado
fevereiro 9, 2015
Publicado
fevereiro 10, 2015

Resumo

Objetivos: Os objetivos deste estudo foram avaliar a condição periodontal dos pacientes internados numa Unidade de Terapia Intensiva (UTI), conhecer sobre as ocorrências das pneumonias nos indivíduos e verificar os cuidados com higiene oral nestes. Métodos: Este é um estudo piloto de campo transversal descritivo. Foram selecionados pacientes internados na UTI, seus prontuários avaliados, e foi realizado um diagnóstico clínico de pneumonia, e quando possível feito uma avaliação periodontal. Com o uso de uma sonda milimetrada, foi realizado o exame com o intuito de diagnosticar a doença periodontal. Os pacientes foram acompanhados durante a higienização oral. Resultados: Os resultados mostraram que dos 42 pacientes avaliados, 29 (69%) eram do gênero masculino e 13 (31%) do feminino. A permanência dos pacientes na UTI variou de 1 dia a 14 dias. Verificou-se que dos 42 pacientes, 34 necessitaram de ventilação mecânica e que 10 adquiriram pneumonia nosocomial, sendo que 8 estavam intubados. Dos 11 indivíduos examinados periodontalmente, 8 apresentaram periodontite e 3 gengivite. Observou-se uma falta de padronização na higienização oral realizada e que grande parte desta era feita associada à solução de bicarbonato de sódio e em menor proporção associada ao Cepacol®. Conclusão: Concluiu-se que em nenhum paciente examinado na UTI foi observada saúde periodontal, uma vez que todos apresentaram gengivite ou periodontite, com maior ocorrência para esta última. Na maioria dos pacientes a higienização bucal era feita com gaze embebida em bicarbonato de sódio e que a prevalência da pneumonia nosocomial esteve elevada nos pacientes intubados.