Ir para o menu de navegação principal Ir para o conteúdo principal Ir pro rodapé

Pesquisa Científica

v. 24 n. 69 (2015): ROBRAC

Atenção ao trauma bucal: cotidiano e percepções de atletas do futebol

DOI
https://doi.org/10.36065/robrac.v24i69.945
Enviado
maio 19, 2015
Publicado
junho 25, 2015

Resumo

Objetivo: Avaliar o conhecimento e a utilização dos protetores bucais por jogadores de futebol profissional e conscientizá-los sobre a importância destes dispositivos na prevenção de traumatismos bucofaciais. Material e método: Os instrumentos de coleta de dados utilizados foram dois questionários, ambos estruturados. O estudo apresentou duas etapas. No primeiro momento, aplicou-se o Questionário 1 para avaliar o conhecimento prévio sobre protetores bucais. O segundo momento foi composto por uma palestra com o objetivo de informá-los e conscientizá-los a respeito destes dispositivos. Por fim foi aplicado o Questionário 2 com o intuito de avaliar os conhecimentos adquiridos com a palestra. Os dados obtidos foram tabulados no Excel 2007 e submetidos à análise descritiva. Resultados: Dos cinquenta entrevistados, trinta e um (64,60%) já sofreram alguma lesão bucofacial durante a prática esportiva, porém ninguém utilizava o protetor bucal. No Questionário 1, vinte e dois atletas (45,80%) responderam que a função do protetor bucal se deve apenas a proteção de dentes, enquanto que no Questionário 2, trinta e três jogadores (80,49%) responderam proteção de lábios, dentes e ossos da face. Conclusão: Os atletas apresentaram um conhecimento insuficiente, além de não fazer uso dos protetores bucais durante a prática esportiva. A conscientização dos jogadores influenciou de forma significativa a melhora no conhecimento sobre a importância destes dispositivos na prevenção de traumatismos bucofaciais.