Ir para o menu de navegação principal Ir para o conteúdo principal Ir pro rodapé

Pesquisa Científica

v. 19 n. 48 (2010): ROBRAC

Neutropenia e Mucosite Oral: Fatores de Risco para Candidiase em Crianças com Câncer

  • Manuel A. Górdon-Núñez
  • Francisco L. Silva Júnior
  • Hébel C. Galvão
  • Lélia B. Souza
  • Leão P. Pinto
Enviado
abril 21, 2010
Publicado
abril 21, 2010

Resumo

A mucosite oral (MO) representa uma complicação estomatológica desafiante em pacientes com câncer, a qual pode causar significativa morbidade e comprometimento dos protocolos de tratamento, podendo ainda representar um risco significativo de infecções oportunista, particularmente em pacientes neutropênicos. Mediante inspeção clinica foi avaliada a ocorrência de MO e candidíase em 40 crianças com neoplasias. A MO foi observada em 13 crianças com neoplasias sistêmicas (n = 25) e 3 com tumores sólidos (n = 15), sem diferença estatisticamente significativa na ocorrência desta complicação entre as crianças com neoplasias sistêmicas e aquelas com tumores sólidos (p = 1,69). Observou-se que 5 crianças em tratamento para neoplasias sistêmicas desenvolveram em conjunto 10 lesões de candidíase, porém sem diferença estatisticamente significativa na ocorrência desta infecção entre as crianças com neoplasias sistêmicas e aquelas com tumores sólidos (p = 0,08). Constatou-se a ocorrência de 26 (7,3%) episódios de neutropenia, sendo 5 destes associados à ocorrência candidiase, nenhum dos quais ocorreu associado à presença concomitante de MO. A neutropenia contribui para o desenvolvimento de candidíase, a qual pode ser agravada pela falta de higiene oral, entre outros fatores.