Ir para o menu de navegação principal Ir para o conteúdo principal Ir pro rodapé

Artigos originais

v. 19 n. 51 (2010): ROBRAC

Uso de dentifrício fluoretado e hábitos de escovação em crianças de 6 a 36 meses de idade

Enviado
outubro 29, 2010
Publicado
janeiro 19, 2011

Resumo

 

 

Objetivo: Este estudo avaliou o uso de dentifrício fluoretado e os hábitos de escovação de crianças de 6 a 36 meses de idade assistidas por um programa preventivo (Bebê Clínica).

Material e Método: A coleta dos dados foi realizada por meio de entrevista com os pais utilizando um questionário estruturado contendo perguntas referentes à criança e aos hábitos de escovação. Os dados coletados foram tabulados e submetidos à análise estatística.

Resultados: Foram respondidos 126 questionários. Foi possível constatar que 98 (77,78%) crianças usavam dentifrício fluoretado e haviam iniciado o seu uso, em media, aos 13,5 meses, sendo que 34,70% usavam o dentifrício convencional e 65,3% o infantil. Destas, 41,84% e 39,80% utilizavam, respectivamente, uma quantidade mínima e uma pequena quantidade. 99,21% das crianças utilizavam escova infantil. Apenas 5,1% escovavam uma vez ao dia, 43,88%, 42,86% e 7,14% escovavam duas, três e quatro vezes ao dia, respectivamente. Foi verificado que 94,9% das crianças escovavam os dentes sob supervisão dos pais, 74,49% bochechavam com água, 64,29% cuspiam e 83,67% engoliam o dentifrício durante e/ou após a escovação.

Conclusão: Com base na metodologia utilizada, concluiu-se que as crianças iniciaram a escovação com dentifrício fluoretado muito precocemente.

Palavras-chave: Flúor, Fluorose dentária, Dentifrícios, Crianças.